BBI of Chicago
Setembro 2021

Aplicação de Metodologias Ágeis em Projetos de Tecnologias Médicas

Por: Lívia de Oliveira Batista.

As metodologias ágeis estão sendo cada vez mais utilizadas e podem ser aplicadas em diferentes áreas. Podemos vê-las desde ambientes corporativos, startups, projetos de pesquisa e até mesmo no dia a dia de empresas, principalmente voltadas para tecnologia. 

Alguns dos principais tipos de métodos ágeis são o Scrum (um dos mais utilizados), Kanban, Lean e Extreme Programming. Eles podem ser utilizados separadamente ou combinados, sendo uma combinação muito comum do Scrum com Kanban.
 
O Scrum é baseado em três principais pilares, sendo eles a Transparência, Adaptação e Inspeção. Utiliza como método as Sprints, que são as atividades que deverão ser realizadas dentro de um período, podendo ser um mês ou menos. Possui também as Dailys ou reuniões diárias, que tem o objetivo de acompanhamento junto ao time sobre as necessidades para seguir com as atividades do dia e revisar o dia anterior. E além dessas duas etapas, possui também a revisão da Sprint e retrospectiva da Sprint, que tem a função de revisar o que foi feito, o progresso, os ganhos que tiveram e o que pode ser melhorado para a próxima Sprint.

O Kanban possui caráter de ser bastante visual, em que todos do time conseguem ver as etapas dos processos de forma clara e definida. Possui seis práticas gerais, que são visualizar o fluxo de trabalho, limitar o trabalho em progresso, gerenciar o fluxo, tornar as políticas de processo explícitas, implementar ciclos de feedback e melhorar de forma colaborativa. Essa prática pode ser combinada com o Scrum, fazendo com que se tenha um melhor acompanhamento visual de tudo que está sendo feito nas Sprints, facilitando a comunicação entre o time, além de otimizar os processos de revisão e retrospectivas da Sprint.
 
Nos tempos de pandemia, foi evidente a necessidade de grande crescimento de tecnologias para a saúde. Com isso, projetos de desenvolvimento de novos equipamentos médico-hospitalares, precisaram de maior agilidade nas entregas para acompanhar a necessidade do mercado mundial. As metodologias ágeis se tornaram fundamentais para auxiliar nas entregas gradativas desses projetos, além de facilitar a comunicação dos envolvidos e visualização do fluxo do desenvolvimento. 

Empresas de softwares já utilizam há um tempo as metodologias ágeis para gerir seus processos internos, mas tem colocado essa ferramenta em suas aplicações para que possa ser utilizada pelos usuários também. Softwares de engenharia clínica, que tem por objetivo promover o bom gerenciamento das manutenções corretivas, preventivas e calibrações, seja por prestadores de serviço ou dentro de um hospital, já possuem ferramentas como Kanban. Através do Kanban, os usuários conseguem fazer um bom gerenciamento de suas ordens de serviço por meio dos quadros, trazendo transparência para o acompanhamento o fluxo de trabalho, otimizando a visualização das etapas dos serviços e possibilitando melhores tomadas de decisão. 

Diante do exposto, é possível perceber como as metodologias ágeis podem ser aplicadas nas mais diversas áreas, com diferentes públicos e níveis de conhecimento. A combinação de métodos pode ser uma excelente opção também, para que os processos não sejam engessados e passem a ser customizados de acordo com a necessidade.



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Bastos, R. Fundamentos do método ágil – Business Behavior Institute. 2021 (Apostila). 

BECK, K. S. K. S. J. E. A.; Manifesto for agile software development. Disponível em: <http://agilemanifesto.org/> acesso em abril de 2009. 


 

Conheça outros artigos de nossos alunos: